Depois de adquirir certa experiência no mercado da beleza, você certamente já se deparou com a dura realidade: aumentar os preços dos seus serviços é algo complicado, porém inevitável. Afinal, tanto as contas quanto os impostos que você paga para manter seu salão de beleza ou barbearia funcionando sofrem reajustes anuais, isso sem falar no salário dos profissionais. Então, é claro que em um determinado momento será necessário rever a sua tabela de preços e fazer alguns ajustes.

O grande desafio que você vai enfrentar para aumentar os preços cobrados no seu estabelecimento é encontrar uma forma de fazer isso ao mesmo tempo que mantém seus clientes. Seja pela baixa fidelidade ou pela personalidade do seu público, pode ter certeza que vai ter bastante gente fazendo cara feia para os novos preços. Por isso, confira as 8 dicas que separamos para te ajudar a ter mais segurança nessa decisão e encarar o período de transição com muito jogo de cintura.

1 – A palavra-chave é autoconfiança

Você já parou para pensar até que ponto você confia no seu conhecimento sobre o mercado e sobre o seu negócio?

Em muitos momentos você será o responsável por tomar decisões importantes que podem mudar o futuro em muitos aspectos, tanto para você quanto para sua equipe e seus clientes. Seja para fazer um investimento, para contratar ou dispensar um profissional ou até para aumentar os preços praticados no seu estabelecimento, é importante que você tenha total confiança na sua autoridade. Afinal, a experiência que você adquiriu após tantos anos de trabalho no mercado da beleza fez você criar aquilo que chamamos de instinto.

Blog Beauty Date - Veja 8 dicas de como aumentar preços sem perder clientes

Confiar no seu instinto é fundamental para construir uma imagem forte de liderança. Isso faz com que sua equipe e seus clientes respeitem e confiem nas suas decisões.

É claro que isso não significa se fechar ao mundo exterior. Confiar no seu instinto é importante, mas saber ouvir e estar aberto às novas práticas também é.

2 – Pense mais em valor agregado do que em lucro

Aumentar os preços simplesmente porque você quer aumentar os seus lucros não é uma boa ideia. Já imaginou como seus clientes leais e fiéis vão receber a mensagem caso este seja o seu caso?

Por isso, ao invés de pensar exclusivamente em lucro financeiro, tenha em mente o valor agregado dos seus produtos e serviços, a experiência que o cliente tem quando vai ao seu salão de beleza ou barbearia.

Você pode fazer pequenas melhorias que aumentem a percepção de valor do seu público, ou até incluir serviços que custam pouco ou até mesmo nada.

Por exemplo: ao invés de disponibilizar café e água para que seus clientes se sirvam à vontade, que tal orientar um assistente a servir as pessoas com uma bandeja? Ou então, já pensou em treinar sua equipe a fazer uma massagem no couro cabeludo dos clientes enquanto estão no lavatório?

Blog Beauty Date - Veja 8 dicas de como aumentar preços sem perder clientes

Além de não custarem nada, pequenas mudanças como estas ajudam a aumentar a percepção de valor agregado dos seus clientes, que terão a sensação que o valor pago a mais pelo serviço está, de certa forma, voltando para eles em forma de benefícios.

3 – Crie estratégias

No período de transição dos preços, você precisa dar uma atenção especial aos canais de comunicação com seu público. Isso porque as reclamações e comentários negativos deixados nas suas páginas podem facilmente fugir do controle. Nós já demos algumas dicas de como lidar com avaliações negativas na internet e, especialmente agora, ter uma estratégia definida pode salvar a sua imagem.

O primeiro passo para aumentar seus preços é levantar o reajuste que você teve no custo fixo, além de uma taxa considerando os reajustes que terá nos próximos anos. Afinal, você não quer ter que passar por tudo isso novamente no ano que vem, não é mesmo?

Com a taxa de aumento definida, você deve estabelecer o novo preço final dos seus produtos e serviços. A partir disso, o segredo é começar a comunicar e explicar o aumento para clientes chave, aqueles com quem você tem melhor relacionamento ou que possuem alto engajamento com o seu público. A melhor forma de fazer isso é contar durante um procedimento.

Blog Beauty Date - Veja 8 dicas de como aumentar preços sem perder clientes

Você também deve comunicar e explicar o aumento para seus profissionais e garantir que todos os membros da equipe saibam exatamente como responder às perguntas dos clientes. É importante que todos tenham as mesmas informações e não criem contradições.

Depois disso, chegou o momento da mudança. Além de mudar os preços na sua tabela física de serviços, lembre-se de informar o público nas redes socais, no site e nas outras plataformas de comunicação. Não se esqueça também de alterar os valores nas suas plataformas de agendamento online.

Lembre-se que você pode não agradar a todos, mas pelo menos tratou todos os seus clientes com profissionalismo e dignidade.

4 – Seja transparente com seus clientes

Quando o assunto é aumento de preços, ser transparente com seus clientes é uma ótima prática. Certifique-se de explicar o porquê do aumento dos preços e responda as perguntas com atenção, fazendo com que eles entendam os motivos de terem que pagar mais caro pelos serviços. Sempre aproveite as oportunidades para mostrar como a qualidade do seu trabalho faz com que o aumento dos preços seja nada mais do que justo.

Agradeça pela compreensão ou até pelas críticas construtivas que podem chegar, mas sempre se lembre de valorizar o relacionamento com o público.

Blog Beauty Date - Veja 8 dicas de como aumentar preços sem perder clientes

5 – Seja criativo

Se você oferece a venda de pacotes de produtos ou serviços no seu salão de beleza ou barbearia, essa é uma dica valiosa para você.

Blog Beauty Date - Veja 8 dicas de como aumentar preços sem perder clientes

Imagine a seguinte situação: digamos que você oferece um pacote fixo com 3 serviços-chave do seu estabelecimento pelo valor de R$100. Após o aumento dos preços, este mesmo pacote passará a custar R$130 para os clientes. Uma boa dica para minimizar o impacto do aumento do preço é criar um pacote adicional, com menos produtos, pelo preço inicial. Dessa forma, o pacote de 3 serviços passa a custar R$130 e o novo conjunto, com apenas 2 serviços, começa a ser oferecido por R$100.

A grande jogada é que os seus clientes vão achar que o pacote de R$130 vale muito mais a pena. “Por que pagar 100 reais por dois serviços, se por mais 30 reais eu posso ter um serviço a mais?”. Ou seja, os clientes vão continuar comprando o pacote inicial, porém acreditando estarem pagando uma pechincha mesmo após o aumento do preço.

6 – Não deixe de fazer por medo das críticas

Há um velho ditado que diz “Quem quer agradar a todos não agrada a ninguém”. Então prepare-se para críticas e reclamações que virão após aumentar os seus preços. Apenas certifique-se que os seus bons clientes não só entenderão o aumento, como ficarão surpresos por você não ter feito a mudança antes. Eles conhecem o seu valor.

Aumentar os preços é inevitável. Por isso, não tenha medo das críticas. Tenha confiança na sua decisão e acredite no seu potencial.

7 – Esteja aberto a sugestões

Você não deve temer as críticas, mas também deve estar aberto às sugestões. Se faça disponível para conversar com seus clientes e com sua equipe. Procure saber como está sendo a resposta do público ao aumento dos preços e crie formas de contato. Assim você pode coletar informações e encontrar oportunidades de melhorar cada vez mais. Lembra do que falamos sobre o valor agregado?

8 – Tudo tem o seu tempo

Um aspecto decisivo para o sucesso do aumento dos seus preços é o timing. Em que momento você vai anunciar e colocar em prática esta mudança? Será que o seu público está preparado para pagar mais caro pelos seus serviços?

Blog Beauty Date - Veja 8 dicas de como aumentar preços sem perder clientes

Uma coisa é aumentar os preços em tempos de crise, quando todos os setores da economia e, inclusive, os consumidores, enfrentam instabilidades financeiras.

O mercado da beleza, em especial, ainda precisa lidar com um agravante: se aumentar os preços em tempos de crise, pode acabar perdendo clientes que, é claro, priorizam produtos essenciais que também tem seus preços alterados pela inflação, como alimentos, gasolina, moradia…

Outra coisa é aumentar os preços em períodos mais flexíveis, quando há maior circulação de dinheiro no mercado, o que incentiva o consumo. A época do 13º salário, o recebimento do FGTS e até a restituição do Imposto de Renda. Estas injeções de dinheiro fazem a economia girar e podem ser o momento ideal para você colocar seus novos preços em prática.

Seguindo estas dicas, você certamente terá mais chances de ter sucesso na mudança de preços. Além disso, adote as práticas que indicamos para ter um período de transição tranquilo e sem estresse.

Para mais dicas imperdíveis como estas, inscreva-se na nossa newsletter e receba as novidades por e-mail toda semana!


Summary
8 dicas para aumentar os preços sem perder clientes
Article Name
8 dicas para aumentar os preços sem perder clientes
Description
Veja 8 dicas inesperadas de como aumentar seus preços sem perder clientes. A dica número 5 é genial!
Author
Publisher Name
Beauty Date
Publisher Logo
Compartilhe
000