Se você gosta de se cuidar e está sempre no salão de beleza, você precisa ter um bom relacionamento com seu cabeleireiro. O que você talvez não saiba é que tem muitas coisas que ele gostaria de te dizer, mas nem sempre tem coragem. A revista americana Woman’s Day perguntou para vários profissionais o que eles escondem, mas adorariam que o cliente soubesse.

1 – Eu provavelmente não consigo te dar um cabelo de celebridade

Sim, nós sabemos o quanto o cabelo e as mechas da Jennifer Aniston são lindos. Mas mesmo que seu cabeleireiro corte e pinte seu cabelo como o dela, ela tem uma equipe de profissionais prontos pra arrumar o look dela antes de cada aparição – e isso ninguém pode te oferecer. Levar fotos é ótimo, mas é preciso considerar também que cada cabelo é diferente do outro. Se você espera uma cópia exata do que vê nos tapetes vermelhos, pode ficar desapontada.

2 – Me diga exatamente o que “só as pontinhas” significa

Cortar as pontinhas

Nenhuma pessoa no mundo sabe ler mentes, então seja direta e clara com seu cabeleireiro. Dizer “só não quero que fique muito curto” não ajuda. Mostre ao profissional exatamente como você quer que fique seu cabelo. E se você quiser que ele corte “só dois dedinhos”, lembre-se que as medidas dos dedos podem ser diferentes.

3 – Respeite meu tempo, por favor

O tempo de um profissional ocupado é muito valioso. Um atraso de 5 minutinhos pode atrasar todo o dia de um profissional. Se você vai se atrasar, avise. Aproveitando, não adianta ligar no último minuto para tentar um encaixe. Seu cabeleireiro, é claro, vai tentar fazer o que você pediu e te deixar confortável, mas isso significa que ele terá que trabalhar até mais tarde ou tentar terminar antes o cliente anterior.

blog-beauty-date-guia-conquista-de-clientes

4 – Eu amo conhecer meus clientes – até certo ponto

Não pense que seu cabeleireiro está doido para ouvir você contar tudo sobre seu divórcio ou os problemas do seu trabalho. Depois de 10 clientes no dia, os problemas dos outros começam a pesar no humor de qualquer profissional. Tente manter o foco da conversa em moda, beleza ou saúde e lembre-se: esse é seu momento para relaxar e se sentir bonita – sem contar que o profissional precisa se focar no serviço.

Cuidado com as crianças no salão5 – Salão não é creche

Evite levar crianças a um salão a menos seja para realizar um serviço. Os profissionais do salão fazem o melhor que podem para serem amigáveis, mas é difícil manter o foco no cliente e ainda manter os produtos químicos e quentes longe das mãos dos pequenos. Animal de estimação, então, nem pensar!

 

6 – Guarde seu celular e sua comida

Guardar o celular antes de começar a realização do serviço é uma maneira educada de evitar stress. Sua conversa distrai não só os outros clientes e profissionais como também dificulta a execução do seu próprio pedido: se você fica mexendo a cabeça e reagindo às mensagens que recebe, o profissional pode se desconcentrar. O mesmo vale para a comida.

 7 – Se eu indico os produtos do meu salão é porque eles são melhores para seu cabelo – não para ganhar um dinheiro a maisProdutos indicados pelo cabeleireiro

Seu cabeleireiro utiliza e indica os produtos nos quais ele confia. É frustrante para ele saber que sua cliente está disposta a pagar bastante por uma coloração bonita ou um corte que está em alta, mas compra o shampoo e condicionador na farmácia para economizar. O profissional pode te dizer exatamente o que você precisa para manter seu cabelo e ainda te salvar do disse-que-disse da farmácia tentando encontrar um produto adequado pra você. Seu profissional preferido te atende pensando no melhor pra você e terá prazer em te ajudar se você achar que algo precisa ser mudado.

8 – Você sabe sobre seu cabelo melhor do que ninguém – fale pra mim sobre ele!

Se é a primeira vez que você vai em um certo salão de beleza, seja claro e fale pra ele tudo sobre seu cabelo. Seu último cabeleireiro usou relaxante? Você sabe quais os produtos usados para colorir seu cabelo? Quanto mais informações você fornecer, melhor. Isso é importante porque os tratamentos químicos anteriores podem afetar nos futuros.

9 – Se você gosta do meu trabalho, conte aos outros!

Indicações são a principal fonte de clientes e motivação de um profissional. Se você está feliz com a cor ou corte do seu cabelo, conte para seus colegas e amigos. Dar referências é benéfico para você e para o profissional: se ele ganha um novo cliente com a sua indicação, será eternamente grato a você e pode até te retribuir no futuro.

Retoque a coloração

 

10 – Você é o outdoor do meu trabalho

Não espere tanto tempo para retocar a coloração nem deixe seu cabelo sem corte. Seu cabelo é reflexo do trabalho do seu cabeleireiro, e por isso ele vai ficar muito triste se suas madeixas forem malcuidadas. Se você não tem certeza de como usar ou estilizar seu novo corte, pergunte. O profissional quer que você fique bonita e ficaria muito feliz em te ajudar e ensinar técnicas para cuidar do seu novo look.

 

Texto adaptado de: http://www.womansday.com/style/beauty/a1456/10-things-your-hairdresser-wont-tell-you-105577/

Summary
10 coisas que um cabeleireiro não diz para as clientes (mas às vezes gostaria)
Article Name
10 coisas que um cabeleireiro não diz para as clientes (mas às vezes gostaria)
Description
Confira 10 coisas que os cabeleireiros gostariam, mas não dizem para as clientes. Nada de ficar no celular enquanto corta o cabelo!
Author
Publisher Name
Beauty Date
Publisher Logo
Compartilhe
30